Como surgiu o Esmalte

Por volta de 3500 a.C. no no Antigo Egito, onde as mulheres egípcias usavam tintura de henna preta nas unhas. Cores vibrantes só podiam ser usadas pela família real, sendo que Cleópatra preferia tonalidades vermelho-escuro.

untitled

Na época, os “esmaltes” eram feitos com goma arábica, gelatina, cera de abelhas e clara de ovo.
Na China, por volta do século III a.C., começou-se a usar tons vermelhos e metálicos ( já um tipo de esmalte parecido com o atual) que eram feitos com soluções de prata, significando a ocupação em um lugar privilegiado na hierarquia social, onde os reis pintavam as unhas como sinal de nobreza, com cor vermelha e preta. Logo, esses tons foram substituídos pelo dourado e prateado. Os chineses tinham seus padrões: unha comprida era símbolo de nobreza.

Em 1925, durante as pesquisas de desenvolvimento de tinturas de carros, é que descobriu-se as primeiras  soluções que se parecem com nossos esmaltes atuais.
Mais tarde, em 1930, pintar as unhas das mãos e pés virou hábito entre as estrelas do cinema Hollywoodiano. Daí, foi um salto para todas as mulheres se apaixonarem pelos esmaltes.Em 1932, os irmãos Charles e Joseph Revlon, inventaram um novo tipo de esmalte, com mais brilho e um leque variado de tonalidades.Hoje em dia encontramos todos os tipos de esmaltes,em diversas cores e estilos.

esmalte-ocasiões

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s